fbpx

3 principais motivos para investir no mercado de alimentos sem glúten e como começar!

JUNTE-SE A MAIS DE 5 MIL EMPREENDEDORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Crescer no mercado alimentício e inovar no desenvolvimento de novos produtos pode ser bastante difícil, mas existem algumas rotas que podem facilitar esse processo. Hoje vou falar de uma que está cada vez mais evidente: a produção de alimentos sem glúten!

Confira alguns dos principais motivos para investir no mercado Glúten Free e os principais meios de começar esse processo de adaptação!

O que é o glúten

O glúten é uma proteína presente em cereais muito comuns no nosso dia a dia, como o trigo, a cevada e o centeio.

Essas matérias primas servem de ingredientes para diversos produtos de largo consumo na dieta dos brasileiros, como cervejas, bolos, pães e pizzas.

Apesar disso, muitas pessoas possuem dificuldade na digestão dessa proteína, causando reações negativas do sistema imunológico.

Intolerância ao glúten e Doença Celíaca

A intolerância ao glúten pode aparecer em diversos níveis e intensidades diferentes para cada pessoa. Quem possui sensibilidade a essa proteína acaba tendo dificuldades em digerir essa proteína e, ao consumir produtos que possuam glúten, pode sofrer reações como dor de estômago, vômito e inchaço,

A doença celíaca, porém, é a situação mais grave. Nesse caso, o sistema imunológico da pessoa agride o próprio organismo por reagir negativamente ao glúten, causando inflamações no intestino e prejudicando a absorção de outros nutrientes.

Por que investir no mercado Gluten Free

Entendendo o que é o glúten e os problemas que ele pode causar, podemos falar também das vantagens de investir no mercado de produtos sem glúten!

#1 Crescimento do setor

Pensando em todos os pontos trazidos até o momento, é fácil entender que esse setor da indústria é muito favorável para se investir.

Para fortalecer o argumento, dados da agência internacional Euromonitor revelam que o mercado de produtos sem glúten deve crescer de 35 a 40% até 2022.

Esse desenvolvimento é reflexo do número de pessoas com a doença celíaca. Em 2019, de acordo com a OMS, estimou-se que 1% da população mundial era afetado pelo problema.

Trazendo esses dados ainda mais para nossa realidade, a Fenacelbra (Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil) relatou no mesmo ano aproximadamente 2 milhões de pessoas com a complicação n Brasil. Ou seja, esse número é maior do que a população inteira de Curitiba, uma das grandes capitais do Brasil!

E esses dados podem ser ainda maiores, já que mostram apenas as pessoas diagnosticadas com a doença!

Além disso, esse tipo de alimento deixou de ser procurado apenas por quem possui a doença celíaca. Assim como acontece no mercado vegano, por exemplo, muitas pessoas começaram a incorporar os produtos sem a proteína em sua dieta diária também, reforçando o crescimento do setor.

Em uma pesquisa da empresa Schär, famosa no ramo de alimentos sem glúten, 24% dos entrevistados por eles consumiam esse tipo de alimento apenas por sentirem que o glúten fazia mal a eles ou para acompanhar um familiar que precisava adotar a dieta sem a proteína.

#2 Novas oportunidades de inovação

Um dos maiores desafios para qualquer intolerante, seja ao glúten ou não, é encontrar uma grande variedade de produtos bons e que se encaixem no bolso do consumidor.

Apesar da melhora na atenção para as restrições alimentares por várias empresas, o cenário ainda é bastante desfavorável para quem possui a restrição alimentar. Essas pessoas querem consumir produtos de qualidade, acessíveis e gostosos, mas o mercado ainda não oferece isso de forma total.

Pensando nisso, esse é o momento ideal para investir nesse ramo. Como vimos, o número de celíacos no Brasil é bastante expressivo e as empresas que comercializam produtos sem glúten não param de crescer.

Quanto mais demorar para uma novidade ser lançado, maiores as chances de algum concorrente sair na sua frente. Já pensou em aprimorar seus produtos e trazer novas versões Sem Glúten deles? Parece uma boa ideia, né?

#3 Público fiel

Para suprir as necessidades desse grupo de pessoas intolerantes ao glúten, é preciso oferecer mais variedades de produtos para consumo. Nós encontramos cervejas, pães e outros produtos sem glúten no mercado, mas ainda existem poucas opções no mercado.

Além disso, o tratamento para a doença consiste na retirada da proteína da dieta, por isso que a produção de novos alimentos sem glúten é uma boa aposta de investimento.

Pensando nesse cenário, ao entregar bons produtos e com qualidade, é muito fácil criar um público fiel a sua marca. Um dos maiores desafios desse ramo é de entregar alimentos realmente gostosos e diferenciados. Já pensou que você pode ser o próximo a criar uma receita incrível e ganhar muito com isso?

 

E como entrar no mercado Gluten Free?

E agora que conhecemos diversas vantagens de investir nesse mercado, quero mostrar alguns meios de entrar definitivamente no ramo de produtos sem glúten!

Desenvolvimento de novos produtos

A primeira opção, e provavelmente mais clara, é a produção de novos produtos.

O processo de inovação é bastante similar a produção de alimentos sem restrição, mas nesse caso utilizaremos apenas produtos sem glúten – e tomando os cuidados necessários, como falarei mais para frente.

E, nesse caso, ainda temos uma vantagem: podemos nos basear em ideais de novos produtos que possuem glúten e fazer a adaptação necessária para que celíacos possam consumir também!

Quer garantir que está oferecendo o produto com as melhores características para seus clientes? Confira nosso eBook de Análise Sensorial!

eBook com utensílios atrásPowered by Rock Convert

Substituir ingredientes com Glúten

Outro caminho possível, parecido com o anterior, é o aprimoramento de fórmulas já existentes. Nesse caso, você já possui um produto que contém glúten e altera esses ingredientes para que a receita final não possua a proteína em sua composição.

Como exemplos de substituintes mais comuns, temos:

    • Fécula de mandioca, arroz ou batata;

    • Amido de milho;

    • Flocos de arroz;

    • Polvilho doce ou azedo;

    • Farinha de mandioca.

E lembre-se, a substituição pode não ser nas mesmas proporções e existem ainda muitas opções diferentes das que listei. É preciso estudar quais as possibilidades disponíveis no mercado e quais possuem propriedades parecidas com as do ingrediente “normal”.

Contaminação cruzada

E agora, um ponto de atenção muito importante, que é a contaminação cruzada. O glúten é uma proteína que facilmente deixa rastros por onde é manipulado, e que pode contaminar outros alimentos por causa disso.

Caso você produza alimentos com glúten, é muito importante que a produção seja extremamente cuidadosa. Qualquer faca compartilhada, bancada sem a limpeza adequada ou armazenamento errado pode causar a contaminação indevida pela proteína.

Além disso, é preciso atenção com os fornecedores que usamos também, já que a contaminação pode vir muito antes da nossa produção. Então, assegure que os ingredientes que você compra realmente não possuem traços da proteína!

E cuidado: a limpeza do glúten é bem complicada e específica. É preciso realizar um estudo de pontos críticos do processo para entender possíveis pontos de contaminação e eliminar o problema

Um exemplo do cuidado necessário foi o da empresa Granolinha, que vende produtos sem glúten e sem lactose e queria ter certeza da qualidade e segurança dos alimentos produzidos. Por isso, solicitaram estudos e aprofundados sobre como eliminar a contaminação cruzada em suas cozinhas, e o resultado foi muito positivo!

Quer saber como ajudamos a Granolinha a acabar com a contaminação cruzada em sua produção? Confira nosso case de sucesso clicando aqui!


E então, quer investir nesse novo mercado e não ter nenhum problema de contaminação em sua cozinha? Entre em contato conosco e expanda ainda mais o seu mercado!

0 0 Voto
Article Rating
Inscreva-se
Avisar que
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Conteúdos Recentes

Quer tornar sua empresa uma

Conte-nos como
podemos te ajudar!

Quer tornar sua empresa uma

Conte-nos como
podemos te ajudar!

*sem compromisso!

0
Conte o que achou do conteúdo!x
()
x
alimentos sustentáveis

Novidades Exclusivas

Inscreva-se e receba conteúdos fresquinhos na sua caixa de entrada!