fbpx

Apresentação de produtos para venda: como tornar seus produtos mais atrativos

JUNTE-SE A MAIS DE 5 MIL EMPREENDEDORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Um dos desafios para vencer os concorrentes e conquistar mais clientes é oferecer uma apresentação de produtos capaz de se destacar. Além do design da embalagem, hoje em dia os consumidores buscam outros diferenciais: maior prazo de validade, pontos estratégicos de venda e transparência nas informações.

De fato, são muitos detalhes que devem ser levados em consideração, mas é possível desenvolver cada um deles. No entanto, é fundamental ter vontade de inovar, melhorar seu produto e entender as tendências do mercado, pois isso também influencia na apresentação de produtos. Neste artigo você irá aprender um pouco mais sobre o assunto!

 

A importância da embalagem na apresentação de produtos para a venda

Um dos pontos essenciais da apresentação de produtos é a embalagem. E não se trata apenas da criatividade estética do produto, mas também do material e formato correto. Você já pensou nisso antes?

De fato, as embalagens são excelentes instrumentos de venda, mas também possuem a função de proteger o produto em si. Se ela não atender bem esse requisito, seus outros pontos positivos não valerão o custo-benefício. Ou seja, com a embalagem certa é possível tornar o produto mais atrativo e apropriado para o consumo, pois quanto mais proteção ela oferecer, mais tempo o produto poderá ficar na prateleira.

Cada tipo de produto/substância vai exigir uma embalagem específica. Alimentos em conserva utilizam vidro, por exemplo, enquanto que cosméticos costumam variar de acordo com o tipo, podendo ser desde o plástico até o vidro. O importante é garantir algumas características na embalagem: 

  • Alta resistência e rigidez;
  • Impermeabilidade;
  • Proteção contra atividade biológica;
  • Proteção química, inclusive da luz.

Devido a tantas características, temos uma variedade de embalagens. É importante que a equipe responsável avalie exatamente o que se precisa para o produto em questão.

Vamos aprofundar um pouco mais a ideia de “tempo de prateleira“. Na verdade, trata-se da validade do produto de acordo com as características e a composição dele. 

Tempo de prateleira

A determinação desse tempo toma como base diversos fatores, como a higiene no processo de fabricação, os ingredientes utilizados e o armazenamento deles, e até a embalagem que comentamos acima.

Pense em um produto que não pode ficar exposto à luz. Se a embalagem não garante essa proteção, o tempo de prateleira pode diminuir, não é verdade?

Da mesma forma, algumas embalagens precisam ser mais resistentes ao calor. Do contrário, o produto no seu interior pode sofrer alterações na textura e sabor.

Além disso, uma simples mudança no processo de produção ou uma melhor higienização do local já podem trazer resultados significativos no aumento da validade dos produtos. Porém, um dos métodos mais efetivos é o uso de aditivos alimentares. 

A ideia é conseguir aproveitar ao máximo o potencial de cada produto para vender mais gastando menos!

 

Atração para o varejo

O que a apresentação de produtos tem a ver com o varejo? 

Você conferiu acima um pouco dessa relação, onde é importante oferecer mais vida útil aos produtos por meio de embalagens adequadas, por exemplo. Quando isso é possível, o varejista ganha no custo-benefício, pois adquire uma mercadoria com bom potencial de venda e com maior tempo de prateleira. 

Mas com tantos produtos concorrentes, como posso tornar meu produto mais atrativo para o varejo? Nesse caso, algumas dicas são fundamentais:

  • Faça uma boa análise de mercado para conhecer bem o seu público-alvo e o que ele exige;
  • Seja claro nas informações do seu produto e da composição dele;
  • Siga as boas práticas de fabricação recomendadas pela Anvisa;
  • Busque sempre desenvolver novas técnicas e soluções para melhorar seu produto e torná-lo sempre competitivo;
  • Aposte em embalagens sustentáveis para diferenciar os seus produtos;
  • Mantenha o estoque sempre disponível para as lojas;
  • Aumente a validade dos seus produtos para reduzir desperdícios e ampliar as possibilidades de negócios.

Apresentação de produtos para vendas online

Além disso, lembre-se de que a tendência no momento são as vendas online, o que também impacta o seu negócio. No primeiro trimestre de 2021, o e-commerce nacional teve alta de 57,4% em comparação ao mesmo período de 2020, segundo uma pesquisa da Neotrust.

Sendo assim, você não deve pensar apenas na apresentação de produtos para o ambiente físico, mas também para o digital. Ou seja, criar algo atrativo é ainda mais importante, pois o consumidor não poderá tocar no produto.

Deve-se entender que as compras online também são uma experiência, e isso deve estar presente em todos os pontos de um produto. Quanto se melhora o custo-benefício dele, é possível oferecer promoções, frete grátis e outras vantagens para quem comprá-lo. Nesse fator, o meio online tem vantagem.

Entre as categorias que mais se destacam nas compras do e-commerce, estão:

  • Moda e acessórios (16,5%);
  • Beleza, perfumaria e saúde (15,2%);
  • Entretenimento (12,6%).

Portanto, crie algo que desperte a curiosidade, possa ser explorado em fotografias e vídeos, e vá muito além de uma compra online. O varejo está cada vez mais digital, por isso não perca essa tendência.

 

Como aumentar a vida útil do seu produto?

Nesse artigo, você leu bastante sobre a importância de focar na vida útil quando pensar na apresentação de produtos. O “shelf-life“, como o termo é chamado no mercado, é importante para tornar qualquer produção sua mais atrativa ao mercado. Porém, como fazer isso?

O desafio é conhecer bastante o seu produto: quanto mais especialistas estiverem envolvidos na produção, melhor. Isso ajuda a entender quais pontos ainda podem ser explorados para que a vida útil aumente e o custo-benefício fique mais interessante.

A embalagem, conforme se viu, é um ponto fundamental, pois de nada adianta um produto incrível, mas sem proteção contra danos. Tenha certeza de que usou a matéria-prima correta e da boa usabilidade. Imagine um produto difícil de abrir que é vendido para idosos: não parece fazer sentido, certo?

Garanta toda proteção que for possível e alie isso ao melhor design, que também faz a diferença. Além disso, outras dicas podem auxiliar no seu processo:

  • Compre sua matéria-prima de fornecedores de confiança;
  • Armazene os ingredientes corretamente;
  • Tenha atenção aos processos mais indicados para evitar oxidação ou cristalização dos ingredientes na formulação.

Se quiser entender mais sobre os benefícios de aumentar a validade dos produtos, leia nosso artigo. Nele você entende o quanto isso pode transformar o seu produto em uma necessidade de mercado e potencializar as suas vendas.

5 2 Votos
Article Rating
Inscreva-se
Avisar que
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Conteúdos Recentes

Quer tornar sua empresa uma referência no mercado? história de sucesso? inspiração?

Conte-nos como
podemos te ajudar!

Quer tornar sua empresa uma referência no 
mercado?
história de 
sucesso?
inspiração?

Conte-nos como
podemos te ajudar!

0
Conte o que achou do conteúdo!x
()
x
Diversos alimentos alergênicos: amendoim, avelãs , castanhasAlimentação infantil

eBook Gratuito de Shelf-Life

Tudo que você precisa saber para aumentar o prazo de validade dos seus produtos, possibilitando a redução do desperdício e um aumento nas suas vendas.

idv-black-friday-1

15% OFF em todo o site

Days
Hours
Minutes
Seconds
Nossa Promoção Acabou!

Novidades Exclusivas

Inscreva-se e receba conteúdos fresquinhos na sua caixa de entrada!